Quinta Feira, 24 de Setembro de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Zoológico de Guarulhos recebe filhote de onça-parda

Com aproximadamente 40 dias de vida e 1,9 kg, a fofurinha, que ainda mama e está no parque há dez dias, chegou a precisar de cuidados veterinários

Por Redação GuarulhosWeb

10 de Agosto de 2020 as 16:35

O Zoológico de Guarulhos está com seu berçário cada vez mais cheio. Após o recente nascimento da pequena Glória (lobo-guará) e da chegada do filhote de onça-parda Logan, o parque agora conta com mais uma linda oncinha. Com aproximadamente 40 dias de vida e 1,9 kg, a fofurinha, que ainda mama e está no parque há dez dias, chegou a precisar de cuidados veterinários intensivos, mas agora já está fora de risco.

Assim como Logan, encontrado pela PM Ambiental sozinho e machucado em uma usina da cidade de Guaíra, interior de São Paulo, o filhote de onça-parda foi igualmente encontrado sem a mãe e já bastante debilitado em uma fazenda de São José do Rio Preto, também no interior do Estado, de onde foi resgatado e tratado pelo zoo local antes de ser enviado a Guarulhos.

Sem condições de sobreviverem sozinhos na natureza, os filhotes agora seguem sob cuidados intensivos de veterinários e biólogos da Prefeitura de Guarulhos. “Acreditamos que este filhotinho se perdeu da mãe devido a queimadas na região, tornando-se mais uma vítima da ação humana. Recebendo e cuidando desses inúmeros animais encontrados nesse tipo de situação, os zoológicos reafirmam sua importância no papel de conservação da biodiversidade”, comenta Fernanda Magalhães, diretora do zoo de Guarulhos.

Ao contrário de Logan, que já veio com nome escolhido, o público vai poder ajudar a decidir o nome da nova onça-parda através de enquete que será lançada em breve nas redes sociais do Zoológico no Facebook (Zoológico de Guarulhos) e no Instagram (zooguarulhos). Fique atento para participar.

De acordo com a direção zoo, o parque permanece fechado devido à pandemia de Covid-19, mas deverá reabrir ao público em 1º de setembro.

A espécie

A onça-parda (Puma concolor) é o mamífero terrestre com a maior distribuição geográfica no Ocidente, encontrado desde o Canadá até o extremo sul do Chile. É capaz de sobreviver em áreas extremamente alteradas pelo homem, como pastagens e cultivos agrícolas, podendo chegar a 1,55 m de comprimento, sem contar a cauda, e pode pesar até 72 kg. O animal possui as mais longas patas traseiras dentre os felinos e vive, em média, de 7,5 a 9 anos. É uma espécie solitária e mais ativa à noite.