Quinta Feira, 24 de Setembro de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Baixa ocupação de UTIs para Covid-19 no Alto Tietê garante segurança a Guarulhos

No início de junho, a cidade chegou a ter índices próximos a 100% de ocupação

Por Redação GuarulhosWeb

15 de Setembro de 2020 as 09:08

A ocupação da UTIs para pacientes Covid-19 nos hospitais municipais de Guarulhos voltou a passar de 80% depois de quase três meses em baixa. Porém, a ocupação de UTIs na região SP-Leste, para onde pacientes de Guarulhos podem ser levados por meio do sistema de regulação estadual Cross, está em 50,2%. No início de junho, a cidade chegou a ter índices próximos a 100% de ocupação, mas nenhum paciente precisou esperar em filas para ser atendido. O aumento na taxa se dá mais pela diminuição na oferta de leitos do que um novo avanço da doença. Desde o início do mês, a Secretaria Municipal de Saúde desativou 36 leitos no município. Eram 24 no hospital de campanha 3CGRU, que foi desativado dia 4 e outros 12 que eram locados de hospitais particulares.  

A desativação foi possível graças à diminuição na procura, quando a taxa de ocupação de UTIs em Guarulhos, durante vários dias, ficou entre 50% e 60%, índices considerados bons, evidenciando que o hospital de campanha e os leitos locados não eram mais necessários, já que a rede hospitalar municipal e estadual conseguem atender toda a demanda necessária. Além dos leitos fixos oferecidos no Hospital Municipal de Urgência e no Hospital Pimentas Bonsucesso, há ainda a oferta nos estaduais Geral de Guarulhos e Padre Bento. Nesta segunda-feira, a taxa nos dois estaduais era de 71,2%, que dá uma média geral na cidade de 75,4%. Ainda assim, a Prefeitura manteve a divulgação apenas dos municipais, que foi de 81,8%.  

Outra informação que garante a segurança no atendimento à população se refere à ocupação em leitos de UTI na rede hospitalar na região SP-Leste, Alto Tietê, onde Guarulhos está inserido. Nesta segunda-feira, a taxa era de 50,2%. No Estado, a ocupação geral em leitos de UTI chega a 50,7%, o que confirma que a situação está sob controle neste momento em relação à pandemia.