Quinta Feira, 22 de Outubro de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

TSE vai testar sistema que permite voto pelo celular

O sistema não valerá para o pleito deste ano, mas a Corte entende que, além de reduzir custos, ele aumentará o percentual de adesão ao voto

Por Redação GuarulhosWeb

22 de Setembro de 2020 as 15:53

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai testar, durante as eleições municipais, um novo método que permitirá votações pela internet, usando um aparelho celular, sem que o eleitor saia de casa. O sistema não valerá para o pleito deste ano, mas a Corte entende que, além de reduzir custos, ele aumentará o percentual de adesão ao voto.

O TSE publicou, nesta segunda-feira, 21/9, um chamamento a empresas interessadas em conduzir e apresentar modelos que possam ser utilizados para a votação virtual. A ideia é distribuir estandes nas cidades de Curitiba (PR), Valparaíso de Goiás (GO) e São Paulo (SP), já no próximo dia 15 de novembro.

As companhias habilitadas montarão uma estrutura nos locais de votação e os eleitores poderão testar o sistema a partir dos próprios celulares. A experiência, porém, não valerá para o voto do cidadão, já que as demonstrações terão candidatos e partidos fictícios.

Caso obtenha sucesso nos testes, o TSE pretende debater mudanças no sistema brasileiro de votações. "Mesmo que, em um primeiro momento, os eleitores continuem a ter que comparecer às seções eleitorais, para a proteção do sigilo, só a economia de centenas de milhões de reais com a substituição de urnas já representa um grande ganho. Nós estamos em busca de inovações, mas sem abrir mão do controle do sistema e do processo eleitoral, que continuará sob o comando do TSE", disse, em nota, o tribunal presidido pelo ministro Luís Roberto Barroso.